No mundo das pequenas empresas, os objetivos são óbvios, geram o máximo de receita possível e expandem seus negócios como líder local em um nicho de mercado. O problema? Com demasiada frequência, os pequenos empresários são vítimas do pensamento tradicional quando se trata de marketing. Eles acham que o marketing tradicional é a abordagem mais sábia quando se trata de aumentar o reconhecimento da marca e oferecer seus produtos e serviços. Quando, na realidade, eles ignoraram ou esqueceram que o mundo em que vivemos é digital, e para comercializar nesse mundo digital, é necessária uma estratégia de marketing digital online.

Com suas muitas facetas e canais digitais, o marketing online pode parecer inacessível para pequenas empresas, mesmo que muitas pequenas empresas já tenham sites e presença digital. Pode acontecer que eles não entendam o marketing online e tenham medo de tentar algo novo. Na realidade, o marketing online não é apenas uma ferramenta útil, mas uma maneira eficaz e lucrativa de expandir os negócios.

Definição de Marketing Offline e Online

Se seu negócio é se destacar no marketing online, você deve primeiro saber o que é marketing digital e tradicional e, mais importante, como elas diferem uma da outra.

Marketing offline

Marketing offline é qualquer estratégia de publicidade publicada e lançada, na íntegra, fora da Internet. Estratégias de marketing offline podem ser implementadas em uma infinidade de mídias diferentes, incluindo através de ponto, rádio, televisão, banners, mídia impressa e muito mais.

Marketing online

O marketing online, ou marketing digital, como é comumente conhecido, é uma estratégia de marketing que utiliza a internet para oferecer promoções, anúncios e solicitar a atenção do público-alvo. O processo de marketing online inclui a utilização de conteúdo da web, campanhas de email, publicidade em vídeo e até realidade virtual e aumentada, a fim de direcionar as vendas diretas para o comércio eletrônico ou gerar leads de vendas.

Um guia para uma melhor publicidade: Marketing online versus marketing offline tradicional

Marketing Online vs Marketing Offline: Vantagens e Desvantagens

Mensurabilidade

As ferramentas de marketing online, como o Google Analytics e o AdWords, tornam a coleta de dados e a análise das inúmeras métricas disponíveis na Web fáceis e intuitivas. Eles podem mostrar o impacto indireto e direto de uma estratégia de marketing online na visibilidade do seu anúncio, cliques e conversões mais importantes para as vendas de comércio eletrônico. A conversão é uma métrica facilmente mensurável, na qual é possível calcular o ROI exato e medir a eficácia de uma determinada estratégia digital na conversão de cliques em vendas.

Quando se trata de marketing offline, não há realmente uma maneira eficaz de medir a conversão, a visibilidade ou a eficácia geral de um anúncio, porque é impossível perceber pela mídia impressa, pelos anúncios de rádio ou TV se o público foi ou não convencido a faça uma compra. No entanto, é possível utilizar um número de telefone separado para ser exibido apenas nesse anúncio específico, mas um sistema de rastreamento avançado precisaria ser estabelecido com antecedência para rastrear as vendas e não mexer com outras promoções.

Exposição a longo prazo

O marketing online e o SEO, em particular, são um processo contínuo que pode fornecer exposição a longo prazo a um público-alvo, se implementado adequadamente.

As estratégias de marketing offline, em média, são executadas apenas por um período em que você paga à emissora.

Segmentação avançada

O marketing digital torna a segmentação de um público específico incrivelmente precisa. Sites como Facebook, Google e Instagram podem segmentar anúncios diretamente para o público escolhido e até exibir quantas pessoas o anúncio alcançou. Os anúncios podem ser segmentados para um público muito amplo ou específico e podem ser configurados para serem exibidos somente durante um determinado período de tempo em uma área geográfica específica.

As estratégias de marketing tradicionais oferecem apenas capacidade limitada de atingir um público específico. Isso é feito exibindo anúncios de eletrodomésticos em revistas ou comerciais durante um programa sobre melhorias domésticas. O objetivo é atingir o público-alvo que eles suspeitam ter mais probabilidade de ler uma revista de melhoramento da casa ou assistir a um programa de bricolage.

Resultados em tempo real

As oportunidades disponíveis para as campanhas de marketing online em termos de velocidade de posicionamento, ajuste, segmentação e recuperação de dados são inestimáveis ​​e instantâneas. O marketing online pode ser um processo longo, mas é possível e bastante fácil ver e medir o resultado de uma estratégia de marketing online imediatamente após sua implementação.

A mídia de TV, rádio e impressão só pode ser medida, ajustada e direcionada à velocidade em que o jornal, a empresa de outdoors ou a estação de rádio pode exibir o anúncio, recuperar a pequena quantidade de dados que foi possível coletar, retornar esses dados para o cliente para análise e implementação de uma nova estratégia.

Comparação de Marketing Tradicional vs. Marketing Digital. 5 principais canais

Para ser justo … somos um pouco tendenciosos em relação ao marketing digital em relação ao marketing tradicional, porque trabalhamos em publicidade digital há mais de uma década, mas os números nunca mentem, então vamos calcular os orçamentos de marketing e o retorno dos investimentos em canais semelhantes.

1. Mala Direta vs. E-mail

Ao considerar as várias maneiras de atingir um público-alvo, os profissionais de marketing devem considerar o Direct Mail vs Email, determinar se online ou offline retornará o máximo do investimento.

Mala Direta

Antes de lançar uma campanha de mala direta, há algumas perguntas que devem ser consideradas. Qual é o orçamento? O que estão sendo vendidos? Quem é o público-alvo da campanha?

Custos de mala direta:

Os itens de marketing enviados por mala direta podem custar de 30 centavos a mais de R$ 10 por item, dependendo de quanto foi gasto em design, cópia de marketing, listas de distribuição, impressão e custos de distribuição. Muitas empresas acham mais econômico realizar campanhas de mala direta internamente, onde pagam apenas pelo custo da impressão e distribuição.

Composição dos fatores de custo individuais:

Custos de design ( R$ 0 a R$ 100) Ao projetar sua peça de marketing por mala direta, há várias opções disponíveis.

  • Faça você mesmo (DIY) – Itens básicos de marketing, como cartas de renovação, podem ser criados de maneira bastante simples, utilizando o Microsoft Word ou outro software de publicação como o Google Docs. 
  • Modelos – nem todo mundo nasce com habilidades de design; nesse caso, existem vários sites online que oferecem modelos gratuitos, como o Canva, e outros que vendem modelos que custam em média R$ 10.
  • Contrate um profissional – o design sempre pode ser terceirizado para um profissional. Os designers normalmente custam entre R$ 30 e R$ 50 / h para o designer gráfico sênior.

Custos de cópia de marketing (R$ 0 – R$ 100)

Listas de correspondência (R$ 0 – R$ 0,30 / registro) As listas de correspondência gratuitas existem para aquelas empresas que as coletam a partir dos dados que já possuem em arquivo de clientes atuais, iniciando uma troca de informações com outras empresas do setor e, muitas vezes, na câmara de sites de comércio.

Custos de impressão (R$ 0,03 – R$ 2,00 / pessoa) Os custos de impressão variam de acordo com o seguinte:

  • Preto e branco vs. cor
  • Qualidade do papel
  • Tamanho do papel
  • 1 face vs. 2 faces
  • Número de páginas
  • Quantidade

Custos de distribuição (R$ 0,25 – R$ 2,00 / peça)

Agora que os custos individuais das várias facetas de uma campanha de mala direta foram estabelecidos, o custo total aproximado de uma campanha de marketing de mala direta pode ser determinado.

Número de destinatários segmentados por campanha: 1000 pessoas x

Custos de design:    R$ 25 (média) +

Custos das listas de discussão: R$ 0,15 / pessoa +

Custos de impressão: R$ 0,15 / cópia +

Custos de distribuição: R$ 0,50 / item +

Total: R$ 825 por 1.000 clientes em potencial

As desvantagens de uma campanha de marketing de mala direta são óbvias. O orçamento adicionado aqui é um cálculo aproximado de despesas de uma campanha de marketing de mala direta, mas qualquer empresa pode ver que R$ 1,21 por item de marketing de campanha (1000 clientes em potencial – R$ 825 ) é um valor alto Existem poucas maneiras de medir os resultados de uma campanha de mala direta e, como resultado, muito poucos dados podem ser extrapolados para determinar se a campanha foi eficaz, sem mencionar que há pouco ou nenhum envolvimento ou feedback do público-alvo.

Um guia para uma melhor publicidade: Marketing online versus marketing offline tradicional

Marketing de email

Lançar uma campanha de marketing por email é um processo relativamente simples. Os profissionais de marketing em potencial devem considerar o seguinte ao iniciar uma campanha de marketing por email.

  • Os endereços de email dos seus clientes atuais ou potenciais. Muitos CRMs modernos podem salvar e exportar e-mails de seus clientes em tempo real. Você também pode usar e-mails de leads de campanhas de geração de leads, como Anúncios de leads do Facebook .
  • O conteúdo do marketing por email deve agregar valor aos clientes em potencial segmentados pela campanha. Isso pode exigir o uso de um redator, no entanto, o custo por artigo pode variar, geralmente de R$ 15 a R$ 60 ou você pode escrevê-lo sozinho!
  • O software de assinatura está disponível e permite agendar e distribuir uma campanha de marketing por email para um grande número de destinatários. O Mailchimp funciona excepcionalmente bem e é gratuito para até 2000 assinantes. 
  • Os modelos de email estão disponíveis em vários sites online por uma pequena taxa. Os profissionais de marketing também podem contratar um designer gráfico que projetará o email profissionalmente por aproximadamente R$ 50 a R$ 75 / h.

4 e-mails por mês R$ 160

Software de assinatura R$ 0 (menos de 2000 assinaturas)

Email Design R$ 150

Total: US R$ 310 por 2.000 clientes em potencial

Comparação :

A matemática não mente. Campanhas de marketing de mala direta a R$ 825 por 1.000 compromissos em potencial com clientes são claramente os perdedores quando comparadas a campanhas de marketing por email em R$ 310 por 2000 contratos em potencial com clientes. (com uma conta gratuita do Mailchimp)

Vantagens e desvantagens:

O Direct Mail Marketing pode retornar muito pouco em termos de resultados, difíceis de medir e coletar o feedback do cliente. Mas aqui está um método secreto para melhorar o desempenho da sua campanha de mala direta: envie cartas manuscritas nos feriados para seus clientes anteriores. Na era digital atual de materiais impressos, destacam-se as cartas manuscritas.

Os efeitos do marketing online, como e-mail, são fáceis de medir por meio de uma variedade de métricas como taxa de entrega, taxa de abertura, taxa de cliques e cliques em links. As campanhas por email são uma estratégia de marketing facilmente compartilhável que constrói relacionamentos com potenciais clientes e obtém feedback quanto à sua eficácia, além de aumentar o conhecimento da marca para um público-alvo específico.

Conclusão:

A vantagem do marketing na internet sobre o marketing tradicional é fácil de ver. O marketing por email é muito mais econômico, tem um impacto maior no cliente em potencial e é mais fácil de medir, compartilhar e produzir do que o marketing por mala direta.

2. Anúncios de ônibus / táxi ou anúncios gráficos do Google

A publicidade em banners grandes ou em veículos como ônibus ou táxi é uma estratégia de marketing bastante comum para muitas empresas, mas vamos examinar mais de perto a eficácia da publicidade em banner quando considerada contra o marketing online.

Anúncios de ônibus / táxi

A publicidade de ônibus está disponível em todas as cidades grandes o suficiente para suportar um sistema de transporte público. Isso pode parecer um grande número, mas está excluindo um grande número de clientes em potencial que vivem em áreas rurais.

O custo dos anúncios de ônibus

O custo da publicidade em ônibus, como na maioria do marketing tradicional, supera o do marketing online. No entanto, para comparar, vamos dar uma olhada nos custos individuais que compõem uma campanha de anúncios de ônibus.

Formato e design do anúncio

A publicidade em ônibus varia de acordo com o local em que o ônibus está localizado, como o exterior para os formatos de tamanho “rei, rainha e cauda” e em envelopes completos que abrangem todo o exterior do veículo. Os designs custam em média R$ 1000 a R$ 5000 por anúncio.

Calcular um orçamento

Calcular um orçamento é uma etapa crítica no processo da campanha de publicidade de ônibus, pois determina o tamanho e o formato do anúncio de ônibus. Para cidades maiores, o valor mínimo recomendado para gastos é de R$ 10.000 por mês, R$ 5.000 por mês para cidades de tamanho médio e R$ 2.500 por mês para cidades menores.

Escolha uma data de início e uma duração de publicidade

Como em todo marketing, é importante lançar um anúncio de ônibus antes do lançamento do novo produto ou serviço e executá-lo pela quantidade de tempo mais econômica. O terceiro e quarto trimestres do ano fiscal geralmente esgotam mais rapidamente, enquanto o primeiro e o segundo trimestres geralmente têm mais disponibilidade. A duração mínima de um anúncio de ônibus é de 4 semanas, em média, enquanto a duração recomendada é de 12 semanas.

Entre em contato com uma empresa de anúncios de ônibus

A etapa final é entrar em contato com uma empresa de publicidade de ônibus para obter uma cotação e verificar a disponibilidade, mas traga seu talão de cheques.

Anúncios externos de ônibus: R$ 150 – R$ 600 por anúncio, por um período de quatro semanas.

Anúncios de ponto de ônibus: mercados de tamanho pequeno de R$ 150 a R$ 600 por anúncio, por um período de quatro semanas. 

Anúncios internos de ônibus: R$ 25 – R$ 125 por anúncio, por um período de quatro semanas.

Total: R$ 3500 – R$ 15000 por mês

Anúncios gráficos do Google

Existem várias maneiras de exibir seu anúncio online.

  • Texto: os anúncios da Rede de Pesquisa do Google exibem um título com duas linhas de texto e um URL específico.
  • Faixa: as faixas podem incluir imagens e outras mídias de captação de atenção. Os anúncios em banner permitem incluir layouts personalizados, elementos interativos, animações e muito mais.
  • Gmail: o Google exibirá anúncios personalizados no Gmail para que as pessoas possam salvar, encaminhar e expandir seu anúncio na caixa de entrada.
  • Aplicativo: os profissionais de marketing on  line podem criar uma campanha segmentada por categorias específicas de aplicativos para dispositivos móveis e acompanhar o desempenho de anúncios e compras no aplicativo que já estão em exibição.

Como criar um anúncio gráfico do Google

  • Escolha um ou todos os formatos mencionados acima e crie o anúncio. Isso pode ser feito profissionalmente, contratando um contratado (R$ 35 a R$ 50 / h) internamente, de qualquer maneira, fazer anúncios de texto simples ou usar imagens com a galeria de anúncios incluída na conta levará apenas alguns minutos.
  • Decida onde e para quem os anúncios serão exibidos. Os anúncios gráficos permitem a criação de campanhas altamente segmentadas com base no que já é conhecido sobre o cliente, como interesses, hábitos de compra e informações demográficas.
  • Defina um orçamento. Como sempre, é importante decidir quanto do orçamento de marketing será gasto para atingir o público-alvo. Depois que um orçamento é determinado, os anúncios podem começar a segmentar o público que será mais receptivo. Para profissionais de marketing online menos experientes que nunca exibiram anúncios gráficos antes, é recomendável começar devagar e não gastar mais de R$ 500 no primeiro mês.
  • Alcance os clientes certos. Com milhões de sites, páginas de notícias, blogs e sites de propriedade do Google, como Gmail e YouTube, a Rede de Display do Google alcança 90% dos usuários da Internet em todo o mundo. Com opções especializadas para segmentação, palavras-chave, informações demográficas e remarketing, você pode alcançar mais clientes incentivando-os a perceber sua marca, considerar suas ofertas e tomar medidas. 
  • Nunca pare de melhorar. É importante utilizar as montanhas de dados disponíveis ao executar uma campanha digital e determinar quais anúncios foram bem-sucedidos, qual público foi o mais receptivo e se é rentável continuar a campanha. Seja para aumentar as vendas ou receber mais chamadas, o Google AdWords ajuda você a avaliar o desempenho da campanha para que ajustes possam ser feitos e objetivos da campanha atendidos.

Custo:

O custo do design pode ser atenuado projetando o anúncio internamente. O Google Adwords possui ferramentas muito cabalas para projetar anúncios gráficos de graça, mas o design profissional é sempre melhor (pode custar até R$ 300 em média). Existem médias da indústria no que diz respeito ao custo por clique. O CPC (custo por clique) nos anúncios gráficos do Google varia de US $ 0,3 a US $ 1, no entanto, essa média varia de setor para setor

Lance de CPC de R$ 0,01 a R$ 100 por clique

Lance de CPM de R$ 0,25 a R$ 100 por mil impressões

Total: R$ 500 – R$ 800

Comparação:

Os anúncios em banner de barramento custam entre R$ 2500 – R$ 6500 por quantidade potencial indeterminada de clientes (dependendo da população da cidade), enquanto os anúncios em banner do Google custam entre R$ 500 a R$ 800 por 500 a 1500 visitas a sites em potencial.

Vantagens e desvantagens:

Os banners de ônibus são impossíveis de atingir um público-alvo específico e podem retornar muito pouco em termos de resultados, a menos que seu objetivo de longo prazo seja o reconhecimento da marca, o que exigirá meses ou até anos para obter resultados decentes. Como na campanha de mala direta, é muito difícil avaliar o envolvimento do cliente, porque não há métricas disponíveis para coletar e analisar.

Os banners do Google são fáceis de medir por meio de uma variedade de métricas, como impressões e taxa de cliques. Os banners do Google não são apenas econômicos quando comparados aos banners de ônibus e veículos, mas podem ser direcionados para um público específico.

Conclusão :

Depois que a matemática é executada e as comparações são feitas, realmente não há dúvidas sobre qual estratégia de marketing é superior em termos de custo, segmentação, envolvimento do cliente e métricas mensuráveis. A exibição de anúncios gráficos online do Google em vez de banners de veículos é, sem dúvida, a escolha de marketing certa para o proprietário de uma empresa.

3. Seminários vs Webinários

Os setores de seminários e seminários online estão crescendo e os profissionais de marketing os utilizam para seus efeitos em campanhas publicitárias. Vamos comparar os dois e ver qual deles é melhor para alcançar e converter o público-alvo.

Seminário offline

Organizar um seminário pode ser um processo caro, tedioso e confuso, que exige muitas facetas para funcionar sem problemas para ser bem-sucedido.

  • O local da instalação (local) varia de gratuito, se estiver utilizando uma área de reunião pública como uma biblioteca, a caro, se realizado em um hotel, auditório ou teatro.
  • Alimentos e bebidas precisam ser considerados. Alguns locais não permitem que alimentos ou bebidas sejam consumidos no local, portanto o custo para alimentos e bebidas não será nada. Os hotéis e alguns teatros, por outro lado, exigem o uso do departamento de catering e não permitem que ninguém traga comida e bebida, o que significa que o custo do serviço caro fica no anfitrião do seminário.
  • Folheto Os materiais precisam ser impressos, distribuídos e limpos quando inevitavelmente forem jogados fora. Esses são todos os custos que serão cobrados no host do seminário.
  • O equipamento necessário, como cadeiras, mesas e equipamento de áudio / vídeo, pode ser muito caro e só aumentará à medida que o número de participantes aumentar.
  • Viagem e tempo para seminários podem dobrar o custo total. Passagem aérea, aluguel de carro e hotel, não são baratos e são necessários para seminários fora da cidade natal dos participantes.
  • As estratégias de marketing são sempre uma boa ideia para divulgar o seminário. Isso pode variar em custo, dependendo de a estratégia ser online ou offline, o que pode ficar caro, como já foi esclarecido neste artigo.

Total: mínimo de R$ 1000

Seminário online

Os seminários online são uma estratégia de marketing digital econômica e fácil de configurar, na qual os profissionais de marketing podem fornecer um serviço ao seu público em vez de apenas oferecer um anúncio.

Escolha uma data e hora com antecedência

Os seminários online bem-sucedidos são reservados com muita antecedência da data do seminário online. Geralmente, as pessoas que participam de seminários online são líderes de negócios e empresários ocupados; portanto, é importante fornecer-lhes tempo suficiente antes do seminário online para que possam participar. As férias são muito movimentadas e podem preencher uma agenda de clientes em potencial rapidamente. Por outro lado, muitos clientes em potencial estão ansiosos para amarrar pontas soltas antes de partir para as férias. A reserva e a comercialização de um seminário online com antecedência garante que o horário do seminário e os clientes em potencial estejam protegidos durante um período em que ambos são escassos. Considere também as diferenças de fuso horário, não se esqueça que as 10 horas da manhã em Nova York são 7 horas da manhã em São Francisco

Escolha uma ferramenta de webinário

A maioria das ferramentas de reunião online tem opções de seminários online, basta escolher o plano que melhor corresponda ao número de participantes esperados. Como existem muitas ferramentas de webinário, é importante considerar os requisitos específicos dos seminários e o que você espera de uma ferramenta antes de selecionar uma. Pesquise os recursos de várias ferramentas diferentes, teste os vários softwares disponíveis online e escolha aquele com os recursos e funcionalidades que melhor se adequam ao webinário. Após a seleção de um software ou ferramenta de webinário, peça ajuda ao fornecedor do software para entender como usar o software sem problemas na frente dos clientes em potencial e aproveitar ao máximo o webinário.

Convide o público

Considere cuidadosamente o público-alvo do seminário online. Convidar o público correto para o seminário online é fundamental para garantir que a quantidade certa de recursos, tempo e esforço seja direcionada para o público com maior probabilidade de fornecer retorno sobre o investimento. Acompanhe as respostas ao convite para o webinário. Fazer isso fornece a contagem mais precisa de quem deve comparecer. O monitoramento cuidadoso da lista de participantes garante que um esforço de acompanhamento possa ser direto para aqueles que realmente participaram do webinário.

Gravar o webinário

A gravação do seminário online é obrigatória para quem deseja revisitar o material porque não pôde comparecer, mas também para postar o online e redirecioná-lo como material de marketing.

Total: R$ 0 a R$ 50 para participantes ilimitados (se hospedados em um site ou serviço de hospedagem de webinario padrão)

Comparação :

Seminários, em média, custam R$ 1000 por 300-1500 pessoas contra Webinarios, que normalmente são gratuitos e permitem convites ilimitados, com a opção de “re-executar” gravações.

Vantagens e desvantagens:

As vantagens apresentadas por um webinario são óbvias quando comparadas a um seminário tradicional. Os custos de viagem, acomodação, comida e bebida e o local superam largamente até o software de webinario mais caro e envolvente para um pequeno retorno, com um investimento bastante grande. Sem mencionar as oportunidades de reengajamento do cliente que são possíveis com um webinario online que é simplesmente inútil para um seminário tradicional.

Conclusão :

Embora seja muito mais barato executar um webinario do que um seminário offline, há outro fator a considerar que todo vendedor de sucesso sabe: “É muito mais fácil vender produtos ou serviços pessoalmente”. Portanto, mesmo que o custo para executar um webinario seja mais barato, a taxa de conversão pode ser maior em um seminário. Não podemos decidir o vencedor claro aqui.

Isenção de responsabilidade: não associamos o custo por convite de seminário / seminário online, mas lembre-se de que não importa quão barato / caro seja a execução do seminário online, se ninguém participar. O custo médio por aquisição de seminários online / seminários pode estar entre R$ 5 e R$ 15.

4. Anúncios de TV x anúncios do YouTube

Os anúncios de TV são o que a maioria dos consumidores pensa primeiro ao considerar campanhas de publicidade e marketing. Como em qualquer campanha de marketing, é essencial primeiro entender o orçamento da campanha antes de entrar e comprar um comercial que pode custar milhares e retornar pouco em termos de investimento total. Os custos de produção de um comercial são grandes e incluem vários custos que não são imediatamente aparentes (economize pelo menos R$ 500 para a produção de um clipe de 30 segundos). Os anúncios podem ser produzidos independentemente ou alistando os serviços de um estúdio ou estação de televisão. Os custos podem variar tanto quanto a infinidade de comerciais diferentes atualmente na TV. Em média, os comerciais de TV custam no mínimo US R$ 5000 e só sobem a partir daí.

Adquirindo um anúncio de TV:

  • Pesquise o público-alvo para garantir que o comercial esteja alinhado com a demografia-alvo e com o programa de televisão apropriado.
  • Selecione estações de TV ou programas que atingem seu mercado-alvo solicitando mídia publicitária.
  • Desenvolva o comercial determinando os principais recursos que ele deve conter para persuadir o público-alvo a se envolver.
  • Determine o orçamento, incluindo produção de vídeo, computação gráfica e dublagem.
  • Adquira o tempo de publicidade e considere uma execução de teste antes de confirmar todo o orçamento.

Total: mínimo de R$ 5000

Anúncios do YouTube

Os anúncios do YouTube são exibidos antes ou durante um vídeo do YouTube. Eles podem ser definidos para atingir um público-alvo tão amplo ou específico quanto necessário e são fáceis de começar.

Custo de produção

Selecione o vídeo a ser exibido e faça o upload para a conta do YouTube. Nesse ponto, deve-se considerar os custos de produção que vão de tão baixos quanto gratuitos, se feitos de forma independente, ou até R$ 500 se terceirizados para um empreiteiro ou empresa de produção de vídeo.

Um guia para uma melhor publicidade: Marketing online versus marketing offline tradicional

Custo por visualização

Felizmente, este guia foi benéfico e forneceu informações sobre o mundo complicado da publicidade em vídeo. Os anunciantes no youtube são cobrados por visualização do anúncio, geralmente de R$ 0,10 a R$ 30.

Recomenda-se que os profissionais de marketing online gastem mais de R$ 5000 no primeiro mês de promoção do YouTube, a fim de colher plenamente os benefícios da campanha publicitária. Os anúncios do YouTube são um excelente meio de aumentar sua presença na web a um preço acessível. Para a maioria dos blocos de anúncios, os clientes em potencial realmente escolhem assistir ao seu anúncio. Os aprimoramentos nas visualizações gerais fornecem mais credibilidade aos negócios e uma melhor chance de classificação organicamente no YouTube ou em outros mecanismos de pesquisa.

Custo por visualização R$ .10 – R$. 30.

Total: R$ 1000 por dois meses de tempo de execução

Comparação :

Os anúncios de TV são executados, em média, R$ 3.000 ou mais, considerando a escala absoluta da produção e a segmentação demográfica mínima versus os anúncios do YouTube, que custam cerca de R$ 1.000 e fornecem anúncios direcionados para dados demográficos específicos ou amplos, conforme desejado.

Vantagens e desvantagens:

Anúncios de TV são muito caros! É difícil medir os resultados com muito pouco envolvimento do cliente, escopo mínimo e sem segmentação específica Os anúncios do YouTube, por outro lado, têm métricas facilmente mensuráveis, segmentação demográfica específica e, em geral, são mais econômicos.

Conclusão:

A utilização do marketing online para publicidade em vídeo é uma escolha muito mais fácil, mensurável, direcionada e econômica quando comparada ao marketing em vídeo offline tradicional.

5. SEO orgânico VS.

SEO, ou otimização de mecanismo de pesquisa, é o processo de melhorar um ranking de site, página ou conteúdo da Web em um mecanismo de pesquisa. Ao utilizar vários métodos comprovados, como pesquisa de palavras-chave, gerenciamento de conteúdo, links de retorno e muito mais, o SEO pode melhorar muito qualquer campanha de marketing online que esteja no mecanismo de busca e visibilidade para o público-alvo. Você pode verificar nossos estudos de caso para ver como o marketing digital pode melhorar o tráfego do site. Para um de nossos clientes – escritório de advocacia trabalhista em São Paulo , aumentamos o tráfego orgânico para o Google em 30x em 24 meses. SEO é um serviço que simplesmente não está disponível para profissionais de marketing offline. Portanto, não compararemos o SEO a nada, apenas forneceremos uma breve introdução da ideia, se você ainda não estiver ciente dela.

  • Aumente a credibilidade da marca. Classificar bem nas pesquisas do Google cria uma impressão de confiabilidade e conhecimento.
  • O SEO oferece a oportunidade de se destacar entre os milhões de sites e conteúdos que entopem a web.
  • O SEO fornece acesso a inúmeros dados e conhecimentos de marketing online.

Contras de SEO

  • SEO é um processo longo e raramente retorna resultados antes de seis meses de implementação contínua.
  • SEO eficaz pode exigir uma reformulação do site, o que pode não ser o que muitas empresas desejam ouvir, mas pode ser necessário para classificar as palavras-chave desejadas e fornecer visibilidade ao público-alvo.
  • Em muitos casos, é necessário um especialista ou agência de SEO, mas o benefício potencial para a campanha de marketing online, site e negócios em geral é grande demais para não ser considerado.

Conclusão

Ao comparar canais de marketing online como e-mail, anúncios do youtube, banners do Google, seminários online e SEO com qualquer outra forma de marketing offline tradicional, as cinco principais razões para fazer a mudança para o marketing digital são óbvias. No geral, o marketing online é mais barato e mais econômico para produzir, manter e implementar, como vimos com e-mail de mala direta, seminários online sobre seminários e anúncios em banner do Google em anúncios de banner de ônibus. Mas o marketing online também é mais direcionado, mais fácil de medir e gera mais retorno do que o marketing offline tradicional. Como vimos nos anúncios do YouTube, anúncios de TV e táticas de SEO sobre a coleta tradicional de dados de marketing.

Se o marketing online ou o marketing offline é melhor para uma empresa, esse negócio é específico, mas qualquer empresa que possua um site, no qual o mundo digital em que vivemos é altamente recomendado, deve utilizar as técnicas, ferramentas e táticas de marketing online. que foram destacados aqui. A campanha online não apenas alcançará um público-alvo mais amplo, mas também mais segmentado, mas também o fará, economizando bastante dinheiro.

O marketing online não é apenas o caminho do futuro, é o caminho que nos levará até lá. O mundo é digital. Apelar para ele através do marketing online. Ligue para nós hoje. Fornecemos consultas gratuitas e avaliação rápida do seu site. Sinta-se livre para escrever ou ligar. Nós não mordemos.